As estrelas da culinária grega em Santorini

Descubra aqui sobre a culinária grega, que vai muito além do souvlaki (churrasquinho grego) e do iogurte grego, mundialmente conhecidos. Tomates cereja, alcaparras selvagens, a deliciosa fava dourada e berinjela branca são as estrelas da culinária de Santorini. Você pode saboreá-los em suas variações tradicionais em tavernas por toda a ilha ou procurar preparações mais requintadas em restaurantes sofisticados. Antes de sair da ilha, compre alguns potes ou latas desses maravilhosos produtos para poder reviver o sabor de Santorini em sua casa.



Grãos de fava


Cada família em Santorini sempre produziu sua própria fava. A composição única do solo da ilha, as condições climáticas e, por mais estranho que pareça, a aridez ajudaram a dar forma a este produto, com sua textura aveludada e sabor adocicado. A fava de Thira também é muito rica em proteínas (com um teor de cerca de 20%) e carboidratos, embora seja menor em tamanho do que outras variedades. Foi recentemente premiada com Denominação de Origem Protegida, o que significa que precisa ser cultivada de forma particular em fazendas certificadas e apenas em Santorini, e também precisa ser moída em usinas certificadas. Usadas em muitas receitas, desde fava simples fervida na hora até fava com porco ou purê de tomate, ou como sopa, com arroz ou omelete, estas ervilhas são populares para os visitantes de Santorini devido ao seu sabor requintado.


Millefeuille​ com Fava


Um dos pratos mais famosos do Lauda Restaurant é o ​“Millefeuille” ​(Mil-folhas), com fava da Yannis Nomikos Estate, tomate seco local, pistache e alcachofra.


Tomate cereja

Estrela da culinária local, o “humilde” tomate de Santorini é classificado como produto com Denominação de Origem Protegida desde 2013. Fruto minúsculo, pesando apenas 20 gramas, casca grossa, polpa compacta e um sabor agridoce. É a base de um estilo de cozinha simples, mas inspirado. Apenas algumas das receitas criativas com as quais as donas de casa alimentam suas famílias ainda são preparadas hoje nas cozinhas de Santorini.

Berinjela branca

Diz-se que a berinjela branca, outro produto nativo de Santorini, chegou à ilha em algum momento do século 19 do Egito, um importante parceiro comercial e mercado de exportação. A colheita da berinjela branca coincide com a do tomate cereja (plantado em maio, colhido em julho), o que deu origem a uma série de pratos combinando os dois, como​ papoutsakia​ (berinjela assada com tomate e cebola ao invés de carne moída, como normalmente é feita), caçarola de berinjela e batata com molho de tomate e ovos mexidos com berinjela e tomate.

Alcaparras Santorinhás

Sua produção limitada e colheita de árdua mão de obra os tornam uma iguaria cara, mas o sabor é de outro mundo. Embora seja um produto naturalmente salgado, diz-se que as melhores alcaparras crescem na serra, não junto ao mar. Tanto as flores quanto as folhas são utilizadas na culinária local por seu aroma picante e acentuado.

Fonte: www.greece-is.com